A atleta brasileira que superou derrame cerebral, 200 tumores e é campeã do mundo: uma heroína

18/03/2019 13:59

Verônica Hipólito tem 22 anos. Ao longo dessas pouco mais de duas décadas, a brasileira que atua no atletismo paralímpico teve um derrame cerebral, tumores cerebrais e 200 tumores malignos em seu intestino grosso.

Mas ela também foi campeã mundial de paratletismo nos 200 metros e vice-campeã mundial nos 100 metros em 2013. Um ano depois foi, ainda, campeã sul-americana de paratletismo nos 100 e 200 metros e no salto a distância em competição disputada no Rio de Janeiro.

Também ganhou a prova de 100, 200 e 400 metros pelos Jogos Parapanamericanos de Toronto em 2015. Nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, foi medalha de prata nos 100 metros T38 e de bronze nos 400 metros T38.

E Verônica não tem parada. Apesar de ter passado por uma cirurgia recentemente, ela voltou a treinar cinco horas por dia para voltar a lutar por seu sonho: seguir correndo, seguir competindo e, sobretudo, seguir vivendo. Afinal, é no atletismo que a atleta encontrou seu principal porto seguro.

"A corrida me levantou muitas vezes. Após o AVC, foi a reabilitação. Voltei a andar, depois a trotar, e aí saí correndo por esse mundão (...) Atletismo, você me ensinou e mostrou muito mais do que corridas, saltos, arremessos ou lançamentos. Sempre será o seu dia, a base de todas as modalidades, a mais democrática de todas", declarou em seu Instagram.

Fonte/Fotos: Vix