Aguirre comemora vitória tranquila e confirma reservas em Pelotas

12/03/2015 05:38

A primeira atuação do Inter no esquema 3-5-2 agradou ao técnico Diego Aguirre. Após o jogo, ele destacou a maneira tranquila como o time construiu o placar de 3 a 0 sobre o Aimoré na noite desta quarta-feira no Beira-Rio e deu indícios de que este será o esquema diante do Emelec no Equador no dia 18. 

“Foi um jogo tranquilo para nós. Tivemos autoridade e dominamos o jogo. Não sei o que teria acontecido se tivéssemos jogado com o esquema anterior, mas eu fiquei contente com o time porque teve a intenção de jogar. Tivemos um posicionamento seguro defensivamente. É uma opção válida. Não é definitivo que vamos jogar sempre assim com três atrás, mas é uma opção a mais para jogar dependendo do adversário”, avaliou o treinador. 

Aguirre ressaltou que foi apenas o primeiro jogo do esquema, mas afirmou que o Inter tem jogadores com características adequadas para atuar no 3-5-2. “Um jogo é só um jogo. Não dá para falar que encontramos a solução e que agora o Inter não vai levar gols. Foi um bom jogo, mas temos que trabalhar muito este sistema. Tivemos dois dias de trabalho e é preciso muito mais. Hoje algumas coisas foram boas e outras não. Precisamos de mais treinos. Jogar com três zagueiros, pelas características dos nossos jogadores, as vezes é melhor. Assim, o Fabrício aproveita seu potencial ofensivo, o Réver tem qualidade na saída de bola. São coisas que favorecem para jogar desse jeito”, completou.

Antes de encarar o Emelec pela Libertadores, o Inter vai a Pelotas enfrentar o Brasil no próximo domingo. Aguirre confirmou que irá escalar um time todo reserva contra o Xavante. 

“Se não fosse o jogo contra o Emelec, jogaria com o mesmo time de hoje contra o Brasil de Pelotas, mas temos uma prioridade. Quem vai começar jogando no Equador não irá jogar domingo. Vamos ter que mudar, colocar novamente os meninos. São coisas que temos que fazer. Sei que tem riscos. Temos que ganhar esse jogo, mas a prioridade é a Libertadores”, encerrou.