Brasil perde para os Estados Unidos e se despede de torneio sem pontuar

06/03/2019 17:50

Seleção brasileira feminina dá adeus ao She Believes após derrotas para Inglaterra, Japão e EUA

A seleção brasileira feminina encerrou sua participação na She Believes Cup na noite desta terça-feira com uma derrota diante dos Estados Unidos - no total, foram três partidas disputadas e nenhum ponto somado. O Brasil ainda perdeu para Japão e Inglaterra, que acabou campeã. O técnico Vadão comentou que sabia da dificuldade da competição, poderia ter optado por amistosos mais fáceis, mas escolheu correr o risco de encarar rivais mais fortes.

- A gente sabia que o torneio seria muito difícil visto é que os Estados Unidos estavam jogando em casa e jogaram conosco sem chance de serem campeões. A gente sabia que o torneio seria difícil. Poderia ter escolhido amistosos mais fracos sabendo que muitas atletas que estavam aqui com a gente estavam fora de ritmo de jogo, que não tinham jogado, que a gente não tinha feito trabalho em conjunto. Por exemplo: a última vez que estivemos juntos foi na primeira data Fifa em janeiro, de 14 até o dia 21. Depois a gente não esteve mais com as atletas. A gente montou o time aqui porque o período que ficamos no Brasil foi um período que ficamos com parte das jogadoras. E a outra parte das atletas não estava lá. Reencontramos aqui no torneio. Fazia tempo que a gente não jogava, fazia tempo que não treinávamos juntos. Mas todo esse risco sabíamos que nós íamos correr. Se não a gente teria não aceito a programação desse torneio e feito alguns jogos mais simples. Aí sim começaria a montar a equipe testando e vendo. Só ficou mais difícil porque o tempo era curto - afirmou Vadão.

O treinador ainda declarou que foi ruim não ter garantido pontuação na competição, mas disse que viu um Brasil atuar de igual para igual diante dos adversários no torneio nos Estados Unidos.

O título da She Believes Cup ficou com a Inglaterra, que venceu o Japão por 3 a 0 mais cedo nesta quarta-feira e chegou aos sete pontos. Os Estados Unidos ficaram em segundo, com cinco; as japonesas em terceiro, com quatro; e o Brasil, que não pontuou, ficou em último.

Fonte/Foto: Globo Esporte