Chape sofre com a forte marcação do Inter de Lages, mas vence por 2 a 0

11/03/2015 21:29

A partida entre Chapecoense e Inter de Lages na noite desta quarta-feira em nada lembrou a goleada de 5 a 0 aplicada pelo Verdão do Oeste sobre o adversário na estreia do Campeonato Catarinense. Novamente na Arena Condá, o Leão Baio impôs uma forte marcação e incomodou o time do técnico Vinícius Eutrópio. Com muita insistência, a equipe mandante conseguiu dois gols no segundo tempo, com Ananias e Roger, e venceu o duelo por 2 a 0.

Com o resultado, a Chape assume momentaneamente a liderança da tabela da segunda fase da competição estadual, com quatro pontos. Para "dormir" no primeiro lugar, depende do resultado da partida entre Criciúma e Metropolitano. O Inter de Lages tem apenas um ponto e, por enquanto, fica na penúltima posição.

Na próxima rodada, o Inter viaja para Criciúma, onde enfrenta o Tigre neste sábado, às 16h, no Heriberto Hülse. A Chape vai para Joinville. No domingo, a equipe verde e branca tem desafio diante do JEC, às 16h. Os dois duelos são válidos pela terceira rodada do hexagonal. 

Inter de Lages x Chapecoense (Foto: Greik Pacheco/Inter de Lages)Chapecoense venceu Inter de Lages por 2 a 0 em casa, pela segunda rodada (Foto: Greik Pacheco/Inter de Lages)

O jogo

No primeiro tempo, a postura de Chapecoense e Inter de Lages foram bem opostas. Com o posicionamento ofensivo e diante de 5.770 mil torcedores, o time da casa tomou a iniciativa da partida desde o início e fora para cima do rival. No entanto, a maioria das investidas do Verdão do Oeste esbarrou na forte marcação dos comandados pelo técnico Marcelo Mabília.

Apostando no contragolpe e erro da Chape, o Leão Baio em muitos momentos ficou totalmente recuado, com seus 11 jogadores no campo de defesa. A estratégia funcionou no primeiro tempo. E a primeira boa oportunidade foi da equipe visitante. Aos três minutos, Richarlyson errou a saída de bola, e Valdo Bacabal ficou livre na frente do goleiro. O centroavante acertou a trave. Os donos da casa assustaram o oponente na bola parada e com um lançamento para Roger, que o goleiro Fernando Henrique fez boa defesa no arremate.

Os torcedores que vaiaram o Verdão no fim do primeiro tempo se empolgaram na volta do intervalo e passaram a empurrar o time da casa. Em campo, o grupo do oeste catarinense respondeu, com pressão sobre o adversário desde o início da etapa final.  O gol era questão de tempo, e a entrada de Maranhão, aos 19 minutos, deu mais velocidade ao mandante. A partir de uma jogada do meia, a bola sobrou para Ananias, que, com um toque leve, abriu o placar.

Depois do gol, o técnico Mabília deixou de lado a retranca, e a partida ficou aberta. Com jogadas lá e cá, a Chape teve mais facilidade para chegar à frente e ampliar o confronto. Em contra-ataque, Ananias ganhou na corrida pela esquerda e lançou perfeito para o Roger. O centroavante bateu forte para fazer o 2 a 0 e garantir os três pontos.

 

Globo Esporte