Com alumínio reciclado e tecnologia de trem-bala, Tóquio 2020 lança tocha da Olimpíada

21/03/2019 08:13

O desenho da tocha foi feito por Tokujin Yoshioka, designer, arquiteto e artista japonês. Acendimento será no dia 12 de março de 2020 em Olímpia, na Grécia

Ainda como forma de celebrar os 500 dias para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o Comitê Organizador da edição japonesa do megaevento lançou na madrugada desta terça para quarta-feira a tocha olímpica e o emblema que serão usados para representar o revezamento. O desenho da tocha foi feito por Tokujin Yoshioka, designer, arquiteto e artista japonês. A peça pesa cerca de 1,2kg e tem 71 centímetros de comprimento.

Cerca de 30% do material usado na confecção da peça é advindo de alumínio reciclado. O metal havia sido originalmente usado na construção de casas pré-fabricadas após o tsunami de 2011, que destruiu cidades como Fukushima.

O revezamento terá como lema “Hope Lights Our Way”, algo como “a esperança ilumina nosso caminho”, e começa com o acendimento da tocha olímpica, no dia 12 de março de 2020, na cidade de Olímpia, na Grécia, conforme a tradição.

Ela fica na Grécia até 19 de março, quando ocorre a entrega oficial da chama que, no dia seguinte, viaja para o Japão. Após um procedimento técnico e administrativo, o revezamento pelo país se inicia no dia 26 de março, com Fukushima sendo a primeira das 47 prefeituras a receber a tocha olímpica. Ao todo, serão 121 dias de revezamento até a entrada na abertura oficial dos Jogos Olímpicos no dia 24 de julho no Estádio Nacional de Tóquio.

O revezamento da tocha começou nos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, Na Alemanha.

O formato da tocha japonesa é inspirado em uma flor de cerejeira, um dos símbolos do país. As peças serão produzidas com uma folha única de alumínio, com tecnologia semelhante à que é usada para a construção de trens-bala.

No topo da tocha, há cinco pétalas de flor por meio das quais o fogo é propagado e forma uma chama só, que os organizadores japoneses chamam de "trilha da esperança". Para assegurar que ela permanecerá acesa, há dois sistemas de combustão: um com uma chama de alta concentração de calor e outro mecanismo sem chama.

- A confecção da tocha incorpora a paixão por reconstrução e a consideração pela sustentabilidade - afirmou o comitê organizador, em nota.

Além da apresentação da tocha, Tóquio 2020 nomeou seus embaixadores para o projeto. São eles o judoca tricampeão olímpico Tadahiro Nomura e o ex-atleta paralímpico do tiro Aki Taguchi.

Fonte: GloboEsporte/ Fotos: Divulgação