Grêmio controla o Ypiranga e vence fora de casa por 1 a 0

12/03/2015 05:36

O Grêmio teve duas boas notícias ao vencer o Ypiranga nesta quarta-feira. Giuliano voltou a marcar gols e, apesar do 1 a 0 magro, o Tricolor mostrou confiança e mesmo quando ficou com um a menos anulou o time adversário no Colosso da Lagoa. O resultado deixa os comandados de Felipão no terceiro lugar, com 17 pontos. O Ypiranga para nos 16, em quinto. O próximo adversário gremista será o Cruzeiro, sábado, na Arena.

A equipe não chegou a mostrar grande futebol no primeiro tempo, mas voltou a cumprir a promessa de ter um time competitivo. Controlou a partida no meio-campo, sem dar grandes chances para o Ypiranga, e garantiu seu gol antes da virada para a segunda etapa.

Gremistas controlam e Giuliano marca


Gol de Giuliano garantiu a vitória fora de casa no Colosso da Lagoa | Foto: Edson Castro/FuturaPress/Folhapress/CP
Logo aos três minutos, Giuliano começou a ameaçar fazer seu segundo gol desde que desembarcou no Salgado Filho para defender a camisa do Grêmio. Marcelo Hermes, em boa jornada, desmarcou o companheiro e o meia-atacante tirou de Carlão, mas a zaga do Ypiranga conseguiu tirar em cima da linha.

O Ypiranga até ensaiou uma ameaça ao gol tricolor nos seus domínios, mas ficou apenas nos chutes de longe. Foi Cleiton quem, aos nove minutos, disparou um chute forte que Paulo Baier ainda tentou saltar na área para desviar em gol, mas passou direto em tiro de meta.

O Tricolor voltou a ameaçar com belo chute de Fellipe Bastos, que Carlão espalmou para fora. Aos 27 minutos, no entanto, Giuliano confirmou que era seu dia. Após grande lançamento de Luan, entre dois marcadores, ele correu para a área e concluiu com categoria. De chapa, deslocou os dois zagueiros e o goleiro. A bola foi morrer devagarzinho no canto direito: 1 a 0.

Os comandados de Felipão baixaram o ritmo e até permitiram algum avanço do Ypiranga, mas a marcação estava consolidada. Marcelo Grohe precisou intervir em duas bolas, mas sempre se antecipando, nunca por chutes a gol até o árbitro apitar o fim do primeiro tempo.

A segunda etapa começou com grande chance perdida por Yuri Mamute. Ele dividiu com a zaga e a bola sobrou livre na cara do gol. Mas o centroavante chutou fraquinho, em cima do goleiro Carlão. Aos dez minutos, Luan cruzou rasteiro da linha de fundo e Giuliano mandou para o gol de bico, mas Carlão se esticou para tirar.

Braian faz boa estreia

No início do segundo tempo, Felipão lançou Ramiro e Braian Rodríguez nos lugares de Luan e Mamute e a dupla deu resposta de cara. Ramiro serviu Braian dentro da área e o centroavante chutou forte, mas carimbou o zagueiro. Logo depois, contudo, ficou complicada da vida tricolor. Fellipe Bastos deu um soco nas costas de Betão e foi expulso. Felipão começou a reclamar muito e também acabou mandado para a rua, com Murtosa assumindo a casamata.

Douglas saiu para a entrada de Araújo e, mesmo com um a menos, os gremistas deram poucas chances para a correria do Ypiranga. Os donos da casa rondaram a área, mas pouco conseguiram em termos de conclusão. Foi o Grêmio, por sinal, que ameaçou. Aos 35 minutos, Ramiro cruzou da esquerda e Braian aparou de cabeça com qualidade, tirando tinta do poste direito. Braian, aos 42, lançou Araújo na cara do gol e ainda apareceu para concluir, mas o volante preferiu tocar por cobertura e Carlão fez a defesa, determinando o 1 a 0.

Gauchão - 10ª rodada

Ypiranga 0
Carlão, Matheus (Otacílio Neto), Negretti, Betão e Ruan (Raulen); Robson, Jessé, Cleiton e Paulo Baier; Jean Paulo (Danilo Santos) e Saldanha. Técnico: Leocir Dall’Astra.

Grêmio 1
Marcelo Grohe, Matías Rodríguez, Rhodolfo, Erazo e Marcelo Hermes; Marcelo Oliveira, Fellipe Bastos, Douglas (Araújo), Giuliano e Luan (Ramiro); Yuri Mamute (Braian Rodríguez). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gol: Giuliano (27min/1ºT).
Cartões amarelos: 
Yuri Mamute, Fellipe Bastos, Brian Rodríguez e Rhodolfo (G); Negretti (Y).
Cartão Vermelho: 
Fellipe Bastos.
Local: Colosso da Lagoa.
Árbitro: Francisco Neto.